Pages

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Liberdade ao Poeta

It__s_a_goodbye_by_junkiegirl11_large

Meu amor, talvez você não entenda essa coisa de fazer poema não é pra te conquistar

Talvez você confunda minha arte com ilusão de amar

Não vendo amores, só me perco no pensar

Só risco minhas palavras firmemente

Você é que as lê como se eu as tivesse escrito, trêmulo e pálido de emoção

Não escrevo aos prantos

A culpa é tua por confundires minha letra com seus olhos de melancolia

Eu não compro versos de qualquer paixão

Poeta não é tolo, por vezes, apenas perde a razão

Não confundas minha poesia

Minha simples poesia

Cala tuas lágrimas ao lê-la

E entenda, de uma vez por todas, que a minha poesia não te conquista,

Ela me liberta.

Observando o Tempo

Você vai gostar de ler :

Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget