Pages

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Cabelos, vento e risos

cabelo-ao-vento-rui-carmo-1

Quando o sinal abriu

Clara se fixou perto da faixa de pedestre

Os carros aceleraram

O vento também ficou veloz

Clara viu seus cabelos começarem a ser levados para todos os lados embalados pelo vento

Carros e mais carros aceleravam

O vento seguia alegrando os cabelos da menina

As suas mãos tentavam segurar os cabelos em fuga,

Mas faltavam mãos para segurar tantos fios

A força do vento criou um jeito engraçado

O sorriso veio pela brincadeira inesperada

Clara esperou o sinal fechar

Esperou tanto que agora seu corpo também já dançava no compasso do vento

Os carros não a viam ali do lado

O vento a queria

As mãos deixaram-se livres

Os cabelos fugiram de vez pra o alto

O sinal fechou

Tudo parou

Clara seguiu

Tinha alguns cabelos embaraçados e a mãe puxando sua mão

Eu também segui

Feliz por ter brincado também

Eu acelerei o vento por instantes para Clara continuar a dançar.

0 ALGO A DIZER?:

Observando o Tempo

Você vai gostar de ler :

Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget